14 de jun de 2017

Observatório da UNESP participa do Arraiá Aéreo em Bauru



Nos dias 10 e 11 de junho o Observatório Didático de Astronomia "Lionel José Andriatto" participou do evento "Arraiá Aéreo - Inspirando Gerações", promovido pela Fundação Astronauta Marcos Pontes no Aeroclube de Bauru. Segundo os organizadores do evento, cerca de 60.000 pessoas estiveram presentes.

A equipe do Observatório levou ao local a sua unidade móvel (carreta) contendo uma Oficina de Asteroides, voltada para o público infantil, cujo objetivo era o de aproximar os mais jovens da ciência envolvida no conhecimento do Universo. Os participantes utilizaram argila para moldar com suas próprias mãos réplicas de asteroides, conforme uma imagem que foi deixada à mostra com ajuda de um projetor. Durante a execução, os monitores conversavam com as crianças sobre os conhecimentos de asteroides e do universo em geral, muitas vezes envolvendo até os pais ali presentes. Esta oficina lembrou também o internacionalmente celebrado Dia do Asteroide (Asteroid Day).

As crianças são movidas por curiosidade incessante, portanto, a cada vez que ocorrem eventos como estes, pode-se perceber o quanto elas são capazes de aprender e, mais importante, como é possível despertar nelas o interesse pela ciência através do ensino didático e lúdico.

Um telescópio preparado com um filtro especial (H-alfa) para observar o Sol e suas explosões (protuberâncias) ficou disponível durante todo o evento. Na noite do sábado, o telescópio de 280 mm de diâmetro juntou-se aos telescópios de outros grupos de astrônomos amadores presentes no evento para que os visitantes pudessem contemplar as belas visões da Lua e dos planetas Júpiter e Saturno.

Além destas atrações, o Observatório Móvel da Unesp disponibilizou uma variedade de materiais didáticos, maquetes voltadas para o ensino de Astronomia para cegos, pôsteres didáticos e planisférios celestes de brinde, exposições de imagens astronômicas e exibições de vídeos de Astronomia no miniauditório da carreta.

O Observatório está inserido no contexto de uma Universidade pública, cujos princípios básicos consistem em ensino, pesquisa e extensão, de forma que as atividades promovidas pela equipe referem-se principalmente à última. Um projeto de extensão, como o Observatório, possui responsabilidade com a comunidade e, por isso, deve cumpri-la ao compartilhar os conhecimentos adquiridos em pesquisas e demais trabalhos acadêmicos com o público generalizado mais próximo. Por se auto-entitular didático, ele também busca ensinar a essas pessoas sobre Astronomia, seja o público infantil ou não.

Desta forma, é importante que o Observatório participe de eventos voltados para o público geral, assim como o Arraiá, para que possa exercer sua função enquanto projeto de extensão de uma universidade pública estadual e porque se sabe que o cenário cultural brasileiro não permite um grande incentivo para a imersão do público na ciência.

Programas educacionais voltados para ciência são poucos no Brasil e, quando existem, carecem de divulgação e investimento devidos; ainda mais quando o país enfrenta crise política e econômica como neste momento, outras questões tomam a frente em detrimento da educação. Dessa forma, é importante que haja essas interações como a que ocorreu no Arraiá Aéreo para que o valor dessa área seja constantemente relembrado e para que os mais jovens não percam de vista uma oportunidade a mais para ser considerada ao questionarem “quem eles querem ser” quando crescerem.

Observatório Didático de Astronomia "Lionel José Andriatto" UNESP Bauru
Site: www.fc.unesp.br/observatorio
facebook: @obsbauru

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente