20 de nov de 2012

VIII Jornada Espacial Começa em São José dos Campos



(AEB/Brazilian Space) Os alunos e professores selecionados para a VIII Jornada Espacial participaram no domingo, 18 de novembro, da cerimônia de abertura do evento. Realizada no Auditório Lacaz Netto, do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), a solenidade contou, também, com a presença de representantes da Agência Espacial Brasileira (AEB), do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) e do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeronáutica (DCTA).

Para José Bezerra Filho, membro da comissão organizadora da Jornada e tecnologista sênior do Instituto de Estudos Avançados (IEA/DCTA), o grande mérito do evento é levar um pouco mais de conhecimento aos alunos e professores participantes. “A educação abre portas e molda o futuro”, afirmou Bezerra em seu discurso durante a abertura da Jornada. Ele parabenizou os educadores pelo trabalho realizado com os alunos selecionados e lembrou-os que eles têm responsabilidade de disseminar o conhecimento adquirido no evento para outros professores e alunos não presentes.

Bezerra contou que semana passada assistiu a apresentação de monografia de Danilo Franzim, 22 anos, que decidiu estudar Engenharia Aeroespacial no ITA após participar das duas primeiras edições da Jornada Espacial.

Danilo não é o único. Dados preliminares do Programa AEB Escola apontam que aproximadamente 80% dos alunos que participam do evento levam o aprendizado para a carreira e seguem na área de exatas.

O diretor de Política Espacial e Investimentos Estratégicos da AEB, Petrônio Noronha de Souza, lembrou aos alunos que eles são privilegiados por terem a oportunidade de participar da Jornada Espacial. Eles foram os estudantes de ensino médio mais bem colocados nas questões de astronáutica da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA) e, como prêmio, ganharam a chance de participar do evento. No entanto, 800 mil alunos, distribuídos por 10 mil escolas de todos os estados do Brasil, participaram da OBA em 2012 e também gostariam de estar ali.

Após a abertura da Jornada, Petrônio proferiu palestra intitulada “O Programa Nacional de Atividades Espaciais e o Programa AEB Escola” aos presentes.

Jornada Espacial – O evento visa despertar nos jovens o interesse pela área espacial, revelar novos talentos e permitir aos alunos um contato direto com profissionais que atuam na área espacial. Este ano, 113 brasileiros, de 22 estados e do Distrito Federal, participam do evento, repetindo a experiência de outros 383 alunos e 262 professores que estiveram presentes nas sete edições anteriores.

A aluna do terceiro ano do Ensino Médio da Escola das Nações de Brasília, Ana Victória Ladeira, 17 anos, vê a Jornada Espacial como uma oportunidade de conhecer o pólo de tecnologia aeroespacial do país e os pesquisadores e técnicos que nele atuam. “Pretendo fazer algum curso na área e tenho certeza que todo conhecimento adquirido aqui será muito útil para meu futuro”, afirmou a estudante que em suas últimas férias fez um curso de Cosmologia na Universidade de Stanford, na Califórnia (EUA).

“Quero estudar Astrofísica em Havard, nos Estados Unidos, e a Jornada enriquecerá muito meu currículo. Tenho certeza que a participação no evento aumentará minhas chances de ser aceito na universidade norte-americana”, contou Danilo Cardoso, 17 anos, estudante da Escola Manoel Gomes Baltazar, de Maracajá, Santa Catarina.

INPE – Nesta segunda-feira (19), as atividades da Jornada serão realizadas no Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), onde os participantes conhecerão as instalações do Laboratório de Integração e Testes (LIT) e assistirão a palestras sobre satélites e plataformas espaciais e o contexto histórico da corrida espacial.
----
E mais:
Programação Completa da VIII Jornada Espacial (Brazilian Space)
.
Aprender para Ensinar (Brazilian Space)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente